Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

PAINEL POLÍTICO: DEPUTADO PAGOU ESCRITÓRIO DE IRMÃO COM VERBA PARLAMENTAR

 

O jornalista Carlos Terceiro é o novo representante de Rondônia na capital federal. A partir desta terça feira ele fica responsável pela recepção do governador, e membros da equipe, quando estiverem em Brasília, além de resolver as questões relacionadas ao Executivo estadual em ministérios e junto à bancada federal. Ele é o primeiro representante de Rondônia nascido no Estado.
Queimando o filme

A deputada federal Mariana Carvalho, levada pela vaidade, vem insistindo em sua candidatura como governadora pelo PSDB em 2018. Tem fomentado notícias em alguns jornais de circulação nacional se colocando como “parlamentar que ganhou notoriedade ao ler a denúncia contra Michel Temer na Câmara”, e que isso a teria cacifado para disputar o cargo. Mesmo achando que convence alguém com a conversa de que “eu não sei de nada, eles que estão me indicando”, está cometendo um erro primário, o de fechar portas com outros grupos e principalmente, complicando o PSDB em negociações referentes as coligações.
Outro problema

É que ela não teria suporte dentro do diretório estadual para essa empreita. O ex-senador Expedito Júnior detém a maioria dos votos da executiva, portanto, levaria vantagem em uma eventual queda de braço. Mariana tem tudo para sedimentar uma carreira política vitoriosa, só precisa ajustar o “timing” de suas decisões.
No PODEMOS

Léo Moraes se filiou ao PODEMOS e vai disputar uma vaga para deputado federal pela legenda. Luizinho Goebel permanece no PV e Só Na Bença no MDB. Jesualdo Pires, ao contrário do que a “rádio cipó” andou espalhando, também fica no PSB e não vai para o PDT. Jesualdo disputará uma cadeira no Senado Federal pela legenda, que tem Daniel Pereira no comando do Estado e Cleiton Roque na Assembleia Legislativa. Pelo PSB também deve disputar uma vaga de deputado federal, o ex-prefeito de Porto Velho Mauro Nazif. Já o ex-Procurador Geral de Justiça Heverton Aguiar vai continuar no Ministério Público, ele não concorre a Senado ou governo, conforme queriam alguns partidos.
Olha essa

O deputado estadual Anderson do Singeperon contratou o escritório de advocacia de seu irmão para cuidar de sua assessoria jurídica. Nada demais, exceto pelo fato de que o escritório vinha sendo pago com verba parlamentar. Em 2017, a Roberto Soares Sociedade Individual de Advocacia recebeu ao menos R$ 80 mil do gabinete do parlamentar. Os pagamentos constam no portal da Transparência da Assembleia Legislativa de Rondônia.
O caso

Pode ser enquadrado como improbidade administrativa e peculato, pois teria usado a verba pública para fins particulares. José Roberto Soares da Silva é irmão do deputado.
Tá chato

O lado ruim da polarização é que tudo se resume a lado A ou B. Os feeds de redes sociais, grupos de Whatsapp e até conversa de boteco sempre se resumem a mesma temática. Pior, é que um lado nunca convence o outro. Estamos vivendo um retrocesso monstruoso no campo das idéias, não existe mais debate, apenas “o meu lado está certo”. A humanidade decepciona.
Registro

O empresário Mikael Esber foi homenageado pela Loja Maçônica Glomaron, com o título Governador Jorge Teixeira por seus 42 anos de atuação como empreendedor em Rondônia. Uma justa homenagem a quem supera as dificuldades de empreender, gerando emprego e sendo massacrado pela altíssima carga tributária brasileira.
Nesta quarta

O Supremo Tribunal Federal deve discutir as prisões em segunda instância. O ministro Marco Aurélio, que é relator de duas ações sobre o assunto, afirmou ao jornal Folha de S.Paulo que levará ao plenário do STF um pedido de liminar que pede a suspensão de todas as prisões baseadas em condenações na segunda instância até o julgamento definitivo das ações. A Corte está bem dividida sobre o assunto, mas como o STF passou a adotar critérios de aceitação da opinião pública, ao invés de julgar baseado no que determina a Lei, é bem provável que mantenham do jeito que está.
É bom prestar atenção

Todo esse processo, que grande parte da população acredita ser “uma limpeza” vai refletir diretamente na vida dos cidadãos, principalmente da classe empresarial (e falo dos pequenos e médios, os mais afetados). Juízes passarão a adotar o mesmo procedimento para multas, por exemplo. Você poderá até recorrer, mas só depois que pagar. O mesmo valerá para diversas outras situações. Esqueça a Lava Jato, ali são todos ricos. É sua vida que será afetada com todos esses “entendimentos” ao invés da aplicação pura e simples da lei.
Deu perdido

Sujeito caiu na blitz em Porto Velho, portando arma de uso restrito, deu carteirada dizendo ser “agente da Abin” e foi liberado. Depois que ele foi embora, resolveram checar a identidade da figura e descobriram que era golpe, mas aí já era tarde. Tem inquérito bolando no 3º DP, mais detalhes sobre o caso, AQUI.
Câncer colorretal pode ter 90% de chance de cura se detectado com antecedência

Entre as mulheres, é o segundo tipo de câncer mais comum no Brasil e quando se trata de homens, a incidência fica em terceiro lugar, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca). Ainda que pouco conhecido, o câncer colorretal é uma doença com alta incidência e pouco conhecida pela população. Contudo, de acordo com o chefe-substituto da Seção de Cirurgia Abdomino-Pélvica do Inca, Rodrigo Araújo, o câncer colorretal é uma doença facilmente curável quando descoberta no início. “Se diagnosticada nos estágios iniciais, a chance de cura da doença é de 90%”, disse. Também conhecido como o câncer do cólon ou do reto, os tumores podem aparecer na extremidade inferior do trato digestivo. Por não apresentar sintomas muito claros, a doença pode ser detectada por meio de exames de sangue e endoscopias. A principal recomendação do cirurgião oncológico como forma de prevenção à doença é a adoção de hábitos saudáveis, com uma dieta rica em fibras, composta de frutas, verduras e legumes, além da prática de atividade física regular. “É importante evitar o alto consumo de carne vermelha e processada e de bebidas alcoólicas”, afirmou. Entre os sinais de alerta estão a mudança no hábito intestinal, com histórico de diarreia ou prisão de ventre, desconforto abdominal com gases ou cólicas, sangramento nas fezes, sangramento anal e sensação de que o intestino não se esvaziou após a evacuação.



Alan Alex
Painel Político

Em 10 de abril de 2018
Comentários
Comente - clique para comentar esta matéria

Formulário de Comentário

 
 
 

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

© 2018 Central Rondonia - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por dilsoWEB - Soluções em Websites