A unidade de atendimento e acompanhamento do programa social “Bolsa Família – Saúde” de Ji-Paraná, localizada na avenida Marechal Rondon, ao lado da secretaria de Assistência Social (Semas) anexo ao prédio da Farmácia Central, bairro centro do primeiro distrito, anunciou esta semana o início da 2ª Vigência (Acompanhamento) de 2.900 família dependentes desse benefício. A informação foi prestada pelo diretor Oziel Malheiros.

De acordo com Malheiros que esteve na segunda-feira (27) no programa (Alvorada ao Vivo) da Rádio Alvorada (FM 90.7) integrante do Sistema Gurgacz de Comunicação (SGC) para comunicar e alertas aos beneficiários a importância do acompanhamento na pesagem e outras atividades estabelecidas pelas regras do programa “Bolsa Família”. Malheiros disse que a segunda vigência começa acontecerá entre o dia três e 28 de setembro próximo, para 2,9 mil famílias com alcance superior a 4,7 mil pessoas, sendo desse total, 1.876 crianças e 296 índios.

Para poder atender a obrigatoriedade do programa os responsáveis devem apresentar o Cartão “Bolsa Família” e o Cartão Vacina dos filhos dependentes, ou seja, crianças de zero aos sete anos (ambos os sexos) e mulheres até os 44 anos. Gestantes, devem comparecer em todas as idades. O acompanhamento, também será realizado nos distritos de Nova Colina e Nova Londrina, nesse caso a partir de 15 de setembro. Malheiros anunciou ainda que todas as gestantes receberão repelente, vitamina A para crianças de um aos cinco anos, e haverá a distribuição de hipoclorito. Também, o governo dará um benefício, chamado de variável, a ser concedido durante a gestação. Para melhores informações os titulares devem manter contato com a unidade de atendimento pelo telefone: 3422 – 7288. A unidade atende de segunda à sexta-feira no horário das 7h30 às 13h30.

Com o jornal,

Diário da Amazônia