No máximo em um mês a prefeitura de Ji-Paraná já deverá estar entregando à comunidade, a primeira pista de Skate que está sendo construída dentro do Centro Desportivo e Lazer (Cedel) do conjunto residencial Mario David Andreazza (CNH), no segundo distrito deste município. A garantia foi dada pelo engenheiro e proprietário da empresa Teodoro, Fabiano Teodoro. Segundo ele, os serviços já passam dos 80% de sua totalidade, faltando poucos detalhes para a sua conclusão final. A pista de Skate é um sonho antigo dos amantes desse esporte que já considerado uma modalidade olímpica.

Ontem (8), servidores da secretaria de Planejamento (Semplan) estiveram no canteiro de obras em missão de vistoria diretamente em contato com funcionários e proprietário da empresa responsável pela construção da pista. Mesmo eles, preferindo não se pronunciar oficialmente, a reportagem apurou que a presença era exclusivamente para tratar de algumas pequenas adequações de alguns pontos considerados importantes.

De acordo com o engenheiro Fabiano Teodoro (dono da empresa), 80% do serviço já foi finalizado, faltando tão somente concluir o chamado guarda-corpo, polimento do granolite e a pintura. “Acredito que no máximo em 20 dias já poderemos entre a obra pronta para a prefeitura”, declarou. A pista de Skate foi construída e teve investimento de R$ 104 mil proveniente de emenda parlamentar do deputado estadual Airton Gurgacz (PDT) e mais contrapartida da prefeitura de Ji-Paraná de R$ 15 mil. 

Conquista 

Também presente no local, o skatista, Amazon Segundo um dos mais antigos praticantes de Skate de Ji-Paraná. Ele revelou que praticamente todos os dias, vai ao local para acompanhar o trabalho dos operários. Ele justifica afirmando que a pista de Skate é a primeira de Ji-Paraná, sendo este um sonho superior á 25 anos de muita luta de todos os praticantes desse esporte radical. “Já tivemos mais de 100 skatistas na nossa cidade, atualmente, não deve passar de 60, e com esse sonho realizado, certamente voltará crescer o número de jovens nessa modalidade”, garante. Amazon Segundo também lembrou que muitas promessas foram feitas e nunca cumpridas, e isso, somente foi possível porque apareceu uma pessoa de palavra, o deputado estadual Airton Gurgacz que colocou o recurso através de suas emendas individuais. “Só temos que agradecer a todos pela a realização desse sonho”, concluiu.

Com o jornal,

Diário da Amazônia